segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

AÇO (DC COMICS)

Aço (Steel) é um personagem de Banda Desenhada da norte-americana DC Comics, tendo sido nos anos 90 uma das personagens afro-americanas mais importantes daquela editora.

Histórico

Formado em Física, John Irons descobriu ainda na juventude que tinha talento para criar armas. Contratado pela indústria de armamentos militares AmerTek, John Henry Irons desenvolveu avançados sistemas de armamentos, porém, ele se desiludiu quando percebeu a destruição que suas invenções causavam em mãos erradas. Irons abandonou tudo, destruindo suas anotações e se transformou em um alvo da AmerTek. Assim, Dr. John Henry Irons, Ph.D., assumiu a identidade do trabalhador da construção civil Henry Johnson e se mudou para Metrópolis.
Lá, Irons (como Johnson) encontraria em breve seu destino após escapar da morte quando o Homem de Aço o salvou de uma queda. Irons disse ao Super: - "Devo minha vida a você", o último filho de Krypton respondeu: - "Então tenha certeza que valha a pena". Quando Irons descobriu que uma das armas mais letais que desenvolveu estava nas mãos de gangues de rua, sentiu-se responsável. Modificou o protótipo de uma armadura com capacidade de voo em uma cópia do uniforme do Superman, e inspirado no herói, Irons adotou a identidade de Homem-de-Aço (mais tarde, apenas Aço). Quando o Superman foi morto por Apocalypse. Aço provou seu valor ao ajudar os metahumanos da Terra contra Darkseid na saga "Gênese". Entrou para a LJA, pouco antes do surgimento da Gangue da Injustiça. Em sua primeira missão na Liga sofreu uma desastrosa derrota quando Prometheus, o assassino de heróis, se infiltrou na Torre de Vigilância e sabotou sua armadura computadorizada. Mas o novo mago-tecnológico da LJA logo virou a mesa, forçando Prometheus a fugir após utilizar o seu próprio sistema contra ele. Com a avançada tecnologia da Torre de Vigilância da LJA e seu conhecimento, Aço montou uma oficina na Lua, tornando-se o cientista e construtor oficial da Liga. Lá, Aço tem estudado a tecnologia do tubo de explosão e da Caixa Materna, trazidos de Nova Gênese pelos seus companheiros Órion e Grande Barda.
Após um curto período administrando um hospital em Nova Jersey, Irons e seu alter ego de armadura voltaram para Metrópolis. O projetista de armamentos decidiu retornar para sua vocação original, utilizando todos os seus dons na sua nova Oficina do Aço tecno-forja no Beco do Suicídio. Irons passou a desenvolver tecnologia de controle metahumano não letal para a Unidade de Crimes Especiais da Cidade, auxiliado por sua sobrinha Natasha, que estudava os efeitos à saúde dos protótipos de Irons.
Apesar de estar ocupado com sua dupla jornada como projetista e pai substituto de Natasha, Irons ficava ainda mais feliz ao atender aos chamados do Superman, vestindo a armadura de batalha e usando sua sofisticada marreta ainda como o "outro" Homem-de-Aço.
Após ajudar o Superman a reconstruir a Fortaleza da Solidão, Aço passou a usar uma nova capa adornada com o "S", dada a ele pelo próprio Superman por saber que ele já era merecedor há muito tempo.
Durante a invasão de Imperiex à Terra. Aço foi aparentemente poupado da morte pela entidade Corredor Negro e graças à ciência militar apokolíptica, Irons ressurgiu no momento crucial da batalha, trajando a arma conhecida como Égide Entrópica, que comportava o poder de Imperiex.
Tendo experimentado a morte e a ressurreição, Irons agora prefere ficar trabalhando em seu laboratório. Contudo, sua sobrinha, Natasha passou a usar uma nova versão da armadura do Aço.
Aço
Dados da publicação
Publicado porDC Comics
Primeira apariçãoThe Adventures of Superman n.º 500 (1993)
Criado porLouise Simonson
Jon Bogdanove
Características do personagem
Alter egoJohn Henry Irons
EspécieHumano
AfiliaçõesLiga da Justiça da América
OcupaçãoEngenheiro bélico
Base de operaçõesJersey City, Nova Jersey, EUA
ParentescoNatasha Irons (sobrinha)
Codinomes conhecidosO Homem-de-Aço
HabilidadesGrande gênio e inventor.
Armadura poderosa:
  • Força sobrehumana;
  • Vôo;
  • Durabilidade;
  • Resistência;
  • Armamento variado;
  • Variedade de dispositivos de comunicação.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário