domingo, 22 de novembro de 2015

ADAM STRANGE (DC COMICS)

Adam Strange é um personagem da DC Comics criado no ano de 1958, por Gardner Fox.
Trata-se de um terráqueo que é transportado para o planeta Rann e torna-se seu defensor, lutando contra ameaças monstruosas usando um propulsor a jato e uma pistola de raios.

Sua criação foi inspirada em John Carter of Mars, personagem da série de livros Barsoom de Edgar Rice Burroughs, além de ser influenciada por Flash Gordon e Buck Rogers
Adam Strange foi publicado pela primeira vez no Brasil pela Editora O Cruzeiro na revista Homem no Espaço em 1961.
Foi chamado de Joe Cometa.
Ao passar para outras editoras, foi adotado o nome original.

Histórico

 

Em 1957, o diretor editorial da DC Comics, Irwin Donenfeld realizou uma reunião com editores Jack Schiff e Julius Schwartz em seu escritório, pedindo-lhes cada um para criar um novo herói de ficção científica: um do presente, e um do futuro. Dada primeira escolha, Schiff optou por criar um do futuro (Space Ranger). No entanto, Schwartz estava feliz com a escolha, sentindo que os leitores se identificariam mais facilmente com um herói do presente. Ele concebeu a idéia de um homem da terra de viajar várias vezes para um planeta no sistema estelar Alfa Centauri usando um raio Zeta alterado por radiação espacial, e nomeou seu personagem Adam inspirado no primeiro homem na Terra de acordo com as religiões abraâmicas, já que Adam Strange foi o primeiro terráqueo em outro planeta.

Adam Strange estreou nas edições #17-19 da revista Showcase, publicado em novembro de 1958 - Março de 1959. A primeira obra do personagem era um capa para Showcase # 17 por Murphy Anderson; embora Schwartz embora tenha rejeitado o desenho e encomendou um novo por Gil Kane, O traje que Anderson criou foi mantido. Schwartz então convocou Gardner Fox para criar as histórias e Mike Sekowsky para ilustra-las. Schwartz e Fox conceberiam o para as histórias no escritório de Schwartz, e Fox iria escrever os roteiros em casa. Um entusiasta de ciências, Schwartz auxiliou Fox nos conceitos científicos que deram uma plausibilidade nas histórias que as fizeram se destacar. Schwartz havia sido agente literário de escritores de ficção científica, tais como Ray Bradbury e H. P. Lovecraft, nas décadas de 1940 e 1950, Fox se dividia entre roteiros de quadrinhos e histórias para as revistas pulps Weird Tales, Planet Stories e Amazing Stories, Marvel Science Stories, Baseball Stories, Big Book Football Western, Fighting Western, Football Stories, Lariat Stories, Ace Sports, SuperScience, Northwest Romances, Thrilling Western, e Ranch Romances.

As vendas das 3 edições de Showcase foram suficientes para que Adam Strange fosse publicado nas edições #53-100 e 102 da revista Mystery in Space. Apesar de Schwartz e Fox continuarem os seus trabalhos com o personagem, Schwartz trocou Sekowsky por Carmine Infantino. A maioria das capas foram feitas por Murphy Anderson (embora Bernard Sachs, Joe Giella e Sid Greene fizeram uma capa cada um).

Biografia Ficcional

 

Origens

 

Adam Strange era um arqueólogo que por intermédio dos efeitos dos misteriosos raios zeta foi teletransportado através do universo e se rematerializou no Planeta Rann. Ali se tornou seu principal herói e constituiu família. Ele só permanecia em Rann enquanto duravam os efeitos dos raios em seu corpo, retornando à Terra sempre ao final das histórias. Para voltar para lá, ele viajava pelo mundo até os locais em que o raio atingiria a Terra uma vez mais.
Sua missão era proteger Rann das ameaças alienígenas usando alta tecnologia como uma arma de raios, um foguete acoplado às suas costas e um capacete com visor transparente. Por um erro de um autor numa história da Liga da Justiça, onde o Flash cita que Strange seria uma otima aquisição para a equipe sendo que a equipe nunca tinha encontrado o heroi, os autores tiveram que criar uma aventura na qual Adam Strange e A Liga da Justiça lutavam contra Kanjar-Ro.

Adam Strange encontra o Monstro do Pântano

 

Nos anos 80 Alan Moore muda a história do personagem, tornando-a mais cínica. Fazendo com que o Monstro do Pântano chegasse ao planeta Rann e se defrontasse com Adam, no final da história com grande parte dos diálogos no "dialeto" local (sem tradução), descobre-se que Adam fora levado para Rann com o verdadeiro intuito de repovoar o planeta, um lugar sem crianças. Descobre-se ainda que Alanna consegue enfim engravidar.
Em JLA #20 (julho de 1998) Alanna morre ao dar à luz sua filha Aleea. Mas depois se revela que ela continua viva.

A Reconstrução de Rann

 

Pai solteiro agora, Adam encontrou outros heróis esporadicamente. Teve um crossover com Superboy e um com o Lanterna Verde Kyle Rayner
Adam voltou aparecer nas aventuras da Liga da Justiça, numa história de duas partes escrita por Mark Waid. Pouco depois do Superman ter seu visual alterado novamente (passando do energético para o tradicional), ele e alguns dos membros mais poderosos do grupo são raptados. São teleportados para o destruído Rann e aprisionados por Adam Strange, que está aliado aos alienígenas telepatas Entaranos.
Os Entaranos foram responsáveis pela ressurreição da esposa de Adam. Foi através do contato com eles de seu sogro, Sardath, para realizar isso que os alienígenas ficaram sabendo de Rann e decidiram conquistá-lo. Adam, aparentemente sugeriu aos Entaranos que abduzissem a Liga e forçassem seus membros a colaborar com os nativos de Rann na reconstrução dele.
O rapto da Liga era um embuste arquitetado por Adam, que visava trazer a Liga para poder libertar sua esposa ressuscitada, sua filha e sogro dos Entaranos. Nessa história, Adam demonstra uma capacidade de pensar estrategicamente capaz de igualar e até superar a de Batman, e o Flash chega a verbalizar isso.

Citado em Crise de Identidade

 

Na mini-série Crise de Identidade em um jornal sensacionalista especializado no mundo meta-humano, aparece uma manchete em que Adam é acusado de ter um caso na Terra. Isso conflita com as primeiras páginas de Mistério No Espaço. Nelas, Adam é preso e um policial não acredita na história de sua vida que ele lhe conta. Ou seja, sua atividade em Rann não é de conhecimento público.

Mistério No Espaço: O Desaparecimento de Rann

 

Adam retorna em uma história cataclísmica, que marca o início de um conflito que pode significar o fim de um mundo – ou de dois!.
Tudo começa quando o raio que iria transportá-lo em definitivo para o planeta Rann não se manifesta. Tendo deixado sua mulher e sua filha no distante mundo, ele entrou em profunda depressão. Quando dois caçadores de recompensa espacial apareceram, eles lhes contam que o planeta Rann havia sido destruído e que o herói era o suspeito número um de ter causado a tragédia. Adam – que tinha certeza de que sua esposa ainda estava viva em algum lugar – começou uma cruzada para descobrir a verdade. Um planeta não pode simplesmente desaparecer.
Com essa idéia fixa em sua mente e de posse de um irradiador zeta, Adam resgatou um antigo uniforme e foi até o local onde Rann orbitava. Chegando lá, encontrou apenas vácuo e radioatividade. À beira da morte, o herói foi resgatado por uma nave thanagariana, que o prendeu e o condenou pelo desaparecimento de Rann.
Fugindo com a ajuda de Sh’ri Valkyr – uma oficial do exército de Thanagar que implantou um dispositivo de rastreio em Adam – o herói se teleportou para perto de uma velha estação estelar de seu planeta adotivo, onde encontrou os Omega Men.
Juntos, os aventureiros do espaço sobreviveram a uma investida da Guilda das Aranhas – em conjunto com a L.E.G.I.Ã.O. de Vril Dox – e, enfim, conseguiram descobrir o paradeiro de Rann.
O astro estava em um universo paralelo morto, onde foi encontrado pelo Destruidor Cósmico, que desejava drenar a energia do planeta!
Juntos, os Ômega Men, Adam Strange, a L.E.G.I.Ã.O. e os últimos Darkstars travaram uma batalha férrea e venceram o Destruidor, teleportando Rann para fora do universo vazio, abandonando a terrível criatura lá. Mas Valkyr, a oficial thanagariana seguidora do Destruidor Cósmico, alterou as coordenadas do teleporte e fez com que o planeta aparecesse próximo à Thanagar, deslocando sua órbita e condenando-o à morte. É o início de mais um confronto entre os dois mundos.

Rann e Thanagar em Guerra

 

Na mini-série em 06 edições Guerra Rann/Thanagar, Adam encontra-se com diversos heróis espaciais da DC Comics: Gavião Negro e Mulher-Gavião, Capitão Cometa, Starman. Diversas raças alienígenas que compõe o universo espacial da DC Comics aparecem: Khundios, Dominions, Durlanianos, Coluanos.

Quadrinhos

Adam Strange apareceu na revista do desenho Liga da Justiça nas edições #25 e #26 e na edição 04 da revista Liga da Justiça Sem Limites (publicada no Brasil em Jovens Titãs # 12).
Adam Strange

Dados da publicação
Publicado porDC Comics
Primeira apariçãoShowcase #17 (1958)
Criado porGardner Fox
Mike Sekowsky
EspécieHumano
Terra natalRann, antiga Terra
AfiliaçõesLiga da Justiça
Sete Soldados da Vitória
R.E.B.E.L.S.
OcupaçãoArqueólogo
Base de operaçõesRann
ParentescoAlanna (esposa)
Situação presenteAtivo
HabilidadesVeste uma roupa espacial com propulsor a jato e viagens interestelares; carrega armas de explosão de energia; gera equipamento de luz sólida através de sua roupa espacial; pode ver em todo o espectro eletromagnético.





Nenhum comentário:

Postar um comentário