domingo, 19 de julho de 2015

MULHER-GAVIÃO (DC COMICS)

Mulher-Gavião (em inglês, Hawkgirl e Hawkwoman) é um nome compartilhado por personagens fictícias de histórias em quadrinhos publicadas pela editora estadunidense DC Comics. A Shiera Sanders foi criada por Gardner Fox e Dennis Neville, estreou em  Flash Comics #1 (Jan. 1940), a identidade de Mulher-Gavião foi criada por Sheldon Moldoff estreando em All Star Comics # 5 (Jul. 1941).

Mulher-Gavião I (Shiera Sanders)

Milhares de anos atrás, o Príncipe egípcio Quéops e sua amada, a Princesa Chay-Ara, entraram em contato com o Metal enésimo, um elemento do planeta Thanagar. A exposição ao elemento, combinado com o amor deles, fortaleceu suas almas e o laço entre elas. Eles foram assassinados em seguida por Hath-Set, um sacerdote corrupto de Anúbis. Em suas subseqüentes reencarnações, Quéops e Chay-Ara sempre renasciam destinados a se encontrar e se apaixonar.
Nos anos 40, Quéops emergiu como Carter Hall que com a ajuda do Metal Enésimo tornou-se o Gavião Negro. Chay-Ara havia renascido como a jornalista Shiera Sanders. Carter e seu amigo Perry Carter construíram um par de asas para Shiera que se tornou a Mulher-Gavião e ambos ingressaram na Sociedade da Justiça e no Comando Invencível. Carter e Shiera se casaram e tiveram um filho, Hector Hall.
Com a dissolução da Sociedade da Justiça, Carter e Shiera também se aposentaram... por pouco tempo. Uma nova era heróica começava após a primeira aparição do Superman em público. Logo foi formada a Liga da Justiça. Isto inspirou a volta da Sociedade da Justiça, mas Carter e Shiera se juntaram à Liga como forma de unir os dois grupos.
Sociedade da Justiça foi eventualmente presa em limbo interdimendional e condenada a lutar contra o Ragnarok por anos antes de ser liberta pelo viajante temporal Tempus. Nesse meio-tempo, eles foram substituídos por um espião Thanagariano chamado Fel Andar e uma policial humana chamada Sharon Parker, como parte de uma conspiração engendrada pelos Thanagarianos, que queriam invadir a Terra.
Após a derrota dos Thanagarianos, Carter e Shiera voltaram à ativa por um breve perído, onde chegaram a acolher o filho de Andar, Charley Parker, como seu pupilo, o Águia Dourada, e aconselhar seu afilhado, Norda Cantrell, o super-herói Bóreas dos Feitheranos, uma raça de homens alados que viviam na Indonésia.
Durante a Zero Hora, Carter e Shiera foram fundidos ao terceiro Gavião Negro, o Thanagariano Katar Hol, e aos espíritos dos outros Campeões Alados para poderem derrotar o Deus-Gavião, que havia fugido do Inferno e rumava para a Terra após destruir Thanagar. Porém, ela não sobreviveu à fusão, deixando Carter sem sua alma gêmea. Quando isso aconteceu, a alma de Shiera foi atraída para o corpo de sua sobrinha-neta, Kendra Saunders, que havia cometido suicídio. Shiera entrou no corpo de Kendra, dando a ela sua alma, mas, no processo, fundindo a mente nas duas, com Kendra no controle, mas mantendo algumas das memórias e sentimentos de Shiera, especialmente em relação a Carter.
Recentemente, Carter, que havia sido revivido pelos Thanagarianos, e Kendra foram mortos pelos Lanternas Negros e tornaram-se parte da Tropa Negra por um breve período antes de serem revividos pela Luz Branca da Criação. Quando isso aconteceu, Kendra reviveu como Shiera, que finalmente pôde reunir-se com seu amado Carter, tendo as memórias de todas as suas vidas anteriores, assim como ele.

Mulher Gavião II (Shayera Hall)

Shayera Hall era membro dos Guardiães Alados, a força policial do planeta Thanagar. Juntamente com Katar Hol, o terceiro Gavião Negro, ela passou a viver na Terra como embaixadora de Thanagar entre os humanos. Porém, eles não se deram bem e Shayera eventualmente retornou a Thanagar.
Pouco tempo antes da Zero Hora, o Deus-Gavião escapou do inferno e destruiu Thanagar, rumando diretamente para a Terra. Como única forma de derrotá-lo, Katar teve que se fundir a Carter e Shiera (que tinham voltado há tempos do limbo), bem como aos espíritos de todos os outros "Campeões Alados". Shiera não sobreviveu a fusão e morreu, deixando Carter sem sua alma gêmea. Shayera por sua vez morreu durante a Guerra entre Rann e Thanagar, assassinada pela Estrela Negrade Tamaran.

Mulher-Gavião III (Kendra Saunders)


Kendra Saunders era sobrinha-neta de Shiera Sanders, a primeira Mulher-Gavião, e neta do aventureiro da Era de Ouro Speed Saunders. Quando tinha 19 anos, Kendra cometeu suicídio e seu corpo foi habitado pela alma de sua tia-avó, cujo corpo físico também havia morrido. Como resultado, Kendra voltou à vida, mas, no processo, herdou certas memórias e sentimentos de sua ancestral. Após anos vivendo nas ruas e em orfanatos devido à morte dos pais em um acidente de carro quando ela era apenas um bebê, Kendra foi encontrada por Speed, que a acolheu e a treinou para tornar-se a terceira Mulher-Gavião, usando as asas artificiais e o cinto antigravitacional que um dia pertenceram à Shiera Sanders.

Ao retornar, Carter reconheceu imediatamente em Kendra a alma de sua amada. Porém, Kendra não aceitou os fatos. Pela primeira vez, uma das almas gêmeas rejeitou a outra.

Atualmente, ela vive em St. Roch e faz parte da Sociedade da Justiça.

O metal enésimo presente nas botas e nos arreios das asas de Kendra permite a ela voar. Graças às recordações de outras vidas, ela têm conhecimento prático da maioria das armas usadas na Terra do Egito Antigo até o presente, entretanto as habilidades da Moça-Gavião estão reduzidas devido a sua recusa em aceitar a reencarnação.

Kendra é morta e se torna um zumbi do Mão Negra (Lanterna Negro) durante a Noite Mais Densa. Ao final da luta, a Luz Branca da Criação a ressuscita e quando ela retira a máscara, descobre-se que ela é Shiera, juntando-se novamente a Carter, o Gavião Negro.

Poderes e habilidades


Geralmente, nas versões clássicas, o metal enésimo presente no cinto das Mulheres Gavião permite a elas flutuar; precisam das asas, junto com o cinto, para verdadeiramente voar e o bastão de Azackoc presente de seu eu do passado e de Azackoc. As Mulheres Gavião tem perícias com armas antigas (a de Thanagar tinha também com armas futuristas). Todas conseguem falar com pássaros e possuem força sobre-humana, ela tem uma velocidade em seu vôo e é boa em combate corpo a corpo; Shayera é uma ótima observadora e detetive, tanto que até Batman se impressiona com sua habilidade de análise e perícia. Também possui uma ótima durabilidade, reflexos e resistência em campo de batalha.

Mulher-Gavião
Dados da publicação
Publicado porDC Comics
Primeira apariçãoFlash Comics #1 (janeiro de 1940)
Criado porGardner Fox
Sheldon Moldoff
Geoff Johns
James Robinson
Características do personagem
Alter egoShiera Sanders Hall
Shayera Hol / Hall
Kendra Saunders
EspécieShayera Hol / Hall (Thanagariana)
Shiera Sanders Hall e Kendra Saunders (Humanas)
AfiliaçõesSociedade da Justiça
Esquadrão All-Star
Liga da Justiça
Aves de Rapina
OcupaçãoShayera Hol / Hall (Tenente de Thanagar)
Kendra Saunders (Estudante)
Base de operaçõesThanagar
Torre de Vigia
ParentescoShiera Sanders Carter Hall (Gavião Negro, marido); Hector Salão (Doutor Destino, filho); Kendra Saunders (Mulher-Gavião II, sobrinha / reencarnação); Hank Sanders (primo)
Kendra Saunders Michael Saunders (pai, falecido); Trina Saunders (mãe, falecida); Cyril Saunders (avô); Mia Saunders (filha); Shiera Sanders-Hall (Mulher-Gavião morreu depois da gerrrema mundial, tia-avó); Carter Hall (Gavião Negro, grande- tio); Hector Hall ( Dr. Destino, primo de segundo); Adamastor (primo por adoção); Hipólita Hall (Fúria, prima através do casamento); Daniel Hall ( Sandman, primo de terceiro grau)
Shayera Hol / Hall Katar Hol (Gavião Negro, esposo)
InimigosLadrão das Sombras
Cavalheiro Fantasma
Nevasca
Parandul
Angelique
HabilidadesShiera Sanders Hall e Kendra SaundersReencarnação; Perícia em Combate Armado e Desarmado; Asas Artificiais (Voo); Cinto de Metal Enésimo: Força Aprimorada; Velocidade Aprimorada, Resistência Aprimorada e Regulação da Temperatua; Armamento Arcaico
Shayera Hol / Hall Fisiologia Thanagariana: Visão Melhorada, Audição Aprimorada, Força Aprimorada, Resistência Aprimorada e Asas (Voo); Perícia em Artes Marciais; Armamento Arcaico












































































































Nenhum comentário:

Postar um comentário