sábado, 11 de abril de 2015

RAPINA (Marvel Comics)

Rapina (ou no original Deathbird), cujo seu nome real é Cal'syee Neramani, é uma mutante e personagem das histórias de quadrinhos produzidas pela Marvel Comics.

Biografia

Início

Os Shiars (ou Sh`iars) são uma raça humanóide extraterrestre que estabeleceu um vasto Império Estelar na chamada Galáxia Shiar. Apesar da aparência humanóide, os Shiars na verdade evoluiram de primitivas aves predadoras, guardando ainda uma vasta e exuberante plumagem em suas cabeças, no lugar dos cabelos.
Cal’syee Neramani é a irmã mais velha da familia real Shiar. Apesar disso, lhe foi negado o direito de governar o Imperio Shi’ar devido a uma profecia que declarou desde sua infancia, que ela iria dedicar-se ao mal. E, de fato, a profecia estava certa. Após a morte de seu pai, o imperador Shiar, ela assassinou sua mãe e uma das irmãs a fim de tomar o trono. Cal’syee foi destituida do título e banida de Chandilar. Seu nome foi banido da língua Shiar.

Exílio

Cal’syee foi para a Terra, onde tomou o nome Rapina e se aliou a Modok e a IMA.Enfrentou alguns heróis como Miss Marvel e o Gavião Arqueiro.
Enquanto isso, no imperio Shiar, seu irmão D’Ken foi retirado do trono e Lilndra, sua outra irmã, herdou o título de Majestrix do Império Shiar, Rapina decidiu que era chegada a hora de ela alegar seu direito de primogenitura e reclamar o trono para si, e assim aliou-se com Samedar e os parasitas conhecidos como Ninhada que pretendiam capturar os X-men para utilizá-los como hospedeiros, Rapina pro,ove um ataque aos X-Men ao lado da Ninhada e quase mata Colossus.
Depois, aproveita um banquete organizado por Lilandra para jogar uma bomba de estase imobilizando os X-men porém suas tentatvas foram frustradas graças aos Acantis que os X-Men salvaram.

Imperatrix

No entanto, ela conseguiu destronar a irmã e pela regra dos Shi’ar, conseguiu reivindicação do Império. Passa a ser a nova imperatrix e passar a usar todo o Império contra Lilandra que agora se torna fugitiva renegada ao lado dos Piratas Siderais.
Após muitas batalhas Lilandra conseguiu recuperar o seu trono com a ajuda dos X-Men. Entretanto como os X-Men facilitaram a fuga de Rapina após a mesma perder as suas asas para o Gladiador, foram considerados traidores e presos, para então serem resgatados pela Rapina, que acabou por abdicar formalmente o seu direito ao trono.
Cal’syee foi deposta pela guerra Skrulls e com a ajuda de Charles Xavier e os Piratas Siderais Lilandra conseguiu recuperar o seu trono. No entanto, Rapina tem suas asas arrancadas pelo Gladiador e os X-Men facilitam a fuga da vilã ferida, emseguida, ela retribui o favor.
Rapina acaba por abdicar formalmente o seu direito ao trono, decidindo deixar o império nas mãos de Lilandara, entediada pela burocracia interminável que existia em torno de sua família.
Durante a Guerra Kree / Shi’ar , Cal’syee ajudou a irmã . Após a reivindicação dos Shi’ar ao império Kree, Lilandra concedeu regência aos Kree em relação a Rapina.

Bishop

Um tempo depois, a falange invadiu uma nau Shiar e a única sobrevivente do ataque da falange foi Rapina que foi resgatada por Bishop. Despois de se recuperar do coma que ficou por 3 dias, Rapina foi surpreendida com o destemor de Bishop e espantou-se quando ele a peitou. Eles eram fisicamente atraídos um pelo outro e logo um envolvimento romântico começou.

Cavaleiro do Apocalipse

Durante suas andanças, o casal encontrou a massa inerte planetária de Monólito e estava a caminho da Terra. Os dois deixaram de lado seus ofícios e investigaram o planeta. De repente Rapina traiu Bishop a um grupo de Guerra dos Skrulls e são transportados para a Terra, para desempenhar o seu papel nos planos de Apocalipse. Rapina é transformada por Apocalipse em um de seus cavaleiros e ganha uma asa artificial. Com o título de Guerra, ajudou a capturar o resto dos X-Men que Apocalipse se refere como “os Doze”.
No entanto, foi derrotado e Apocalipse, Rapina e o resto dos cavaleiros desapareceram.

Segurança Máxima

A Terra tinha se tornado um planeta prisão, com uma barreira de energia ao redor de si, Rapina possuía “a chave” para abrir a barreira. Ela e o Bishop disputam à chave. Ela como uma tentativa final, consegue abrir a câmara de ar e é sugada para o espaço. Bishop fecha câmara, e em seguida, admitiu para si mesmo que ele a odiava.

Vulcano

Acontece que ela não foi morta quando ela foi lançada ao espaço – a Guarda Imperial Shiar veio e a capturou antes dela morrer e a trancou na prisão de segurança máxima com a intenção de mantê-la lá permanentemente.
Rapina foi solta por Vulcano, que também era prisioneiro Shi’ar e juntos passaram a disseminar a morte entre os shiars, cada um pelos seus motivos, ela para se vingar de ter sido presa. Vulcano foi cativado pela Rapina instantaneamente, tanto por sua beleza e por sua crueldade.
Quando Vulcano reconecta as vias neurológicas de D’ken e devolveu-lhe a sanidade, D’Ken invoca um costume antigo que permite Rapina e Vulcano a se casar.
O casal se casou em frente ao Cristal M’kraan, e decidem executar Xavier, ao mesmo tempo. Os X-Men, os Piratas Siderais e o Shi’ar leais á Lilandra tentam salvar Xavier. Durante o caos que se segue Vulcano mata D’Ken (nunca ter prometido não matá-lo) e assume o trono de imperador do Império Shiar, com Rapina como sua Imperatriz. Durante a luta Polaris esmaga as costelas do marido de Rapina e ela instrui a Guarda Imperial, ainda fiel à família real, para protegê-los enquanto eles fogem.
Vulcano faz de Destrutor, Polaris, Raza e Ch`ood seus prisioneiros de guerra
Com Vulcano no poder. O conselheiro Araki, diz a ele que seu governo não está com uma boa popularidade entre o povo Shiar. Ao assassinar o Imperador D’Ken, o povo ficou dividido e oposição fica cada vez mais forte pois muitas tropas de militares mudam para o lado de Lilandra e Kaardum . Ele diz que apenas a presença de um membro da linhagem Neramani como consorte real mantém a lealdade dos atuais seguidores. Rapina fere Araki e diz para parar com os jogos psicológicos.
Rapina se mostra uma esposa apaixonada e que sabe dar o apoio que um imperador necessita para recuperar sua confiança.
Rapina, anuncia a recente conquista do marido a seu eufórico povo. O Almirante Ka’ardum, líder da frota shiar, considera que o imperador deveria estar ali no momento, e não atormentando o irmão prisioneiro, mas Rapina não se incomoda, por acreditar que o ódio de Vulcano fortalece o império e que ele é forte o bastante para sobreviver aos próprios defeitos, ao contrário de seus inimigos.Mas Cal’syee não pensa o mesmo sobre sua atitude perante o conselho, pois travar guerra contra o universo inteiro não é o mesmo que expandir território. Mas Gabriel diz que depois da onda de aniquilação e do ataque da Falange aos krees, os shiars são o único poder restante no universo, e conclui anunciando as notícias que acaba de receber de seus espiões em Hala, de que Ronan se rendeu e agora os Inumanos reinam sobre os krees, até mesmo citando o casamento que deve solidificar a situação. Reunida, a Guarda Imperial relata a devastação de todos os mundos concomitantes pelo Hodinn, e Vulcano só se importa em conseguir os corpos dos Piratas Siderais.

Poderes e Habilidades

Rapina, por não ser uma humana, possui mais força e agilidade que qualquer outra mulher humana. Ela também possui como mutação genética, unhas super afiadas, que são capazes de cortar qualquer tipo de objeto. Também possui asas coladas aos braços, que a permitem voar, e que também servem como defesa e ataque, por serem altamente cortantes.
Rapina

Dados da publicação
Publicado porMarvel Comics
Primeira apariçãoMs. Marvel #9
Criado porChris Claremont
Keith Polard
Nome completoCal'syee Neramani
EspécieHumano Mutante
Terra natalShiar
AfiliaçõesImpérico Shiara
Dinastia Neramania
IMAa
Cavaleiros do Apocalipse
ParentescoLilanra Neramani (irmã)
Codinomes conhecidosGuerra
Habilidades
  • Unhas afiadas
    Capazes de cortar qualquer material
  • Vôo
    Penas altamente cortantes





Nenhum comentário:

Postar um comentário