sexta-feira, 17 de abril de 2015

MORBIUS (MARVEL COMICS)

Nome: Michael Morbius

Licenciador: Marvel Comics

País de origem: Estados Unidos da América

Criado por: Gil Kane, Roy Thomas 

Em 1971 (*), Roy Thomas, então editor da Marvel (substituindo Stan Lee), e sua equipe estavam pensando em usar o velho Conde Drácula como personagem nos gibis da editora. O problema é que, àquela altura, o Comics Code Authority (o selo que regulava os gibis americanos), estava implicando com o aspecto gótico desse tipo de quadrinho. A solução foi fazer a coisa toda disfarçada de ficção-científica: o vampiro não se chamaria Drácula e teria seus poderes adquiridos através da ciência, não da magia. De acordo com Thomas, o argumento foi chupado de um filme que o roteirista assistiu quando jovem, sobre um cientista que se tornara vampiro através de radiação. 
Assim, o novo personagem, Morbius, o Vampiro Vivo, estreou  em The Amazing Spider-Man # 101 de 1971.
O desenhista, Gil Kane, evitou o aspecto gótico o máximo que pôde, fazendo Morbius um supervilão, com um uniforme de malha justa azul e vermelha (como a do Aranha). Na trama, o Dr. Michael Morbius procurava uma cura para uma rara doença sanguínea que tinha. O bom doutor achou a cura, mas a recuperação teve um efeito colateral: sua pele ficou branca e ele ficou viciado em beber sangue. É claro, seus intentos vampirísticos foram impedidos pelo conhecido super-herói aracnídeo em The Amazing Spider-man 210.
Morbius acabou aparecendo também, naquela primeira metade dos anos 70, em outras revistas, tanto como personagem convidado como protagonista. Aquelas primeiras histórias eram boas e Morbius era um personagem interessante. Infelizmente, com o passar dos anos, a Marvel foi pasteurizando e banalizando a figura e hoje ele é apenas mais um do panteão dos superseres da Marvel. 
Em uma das versões para sua origem, ele teria virado vampiro em decorrência de um plano da vilã Shriek. Morbius é um inimigo que aparecia geralmente em histórias do Homem-Aranha.
Grupos


  • Filhos da Meia-Noite
  • Iniciativa


  • Legião de Monstros





















































  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário